"Com a decisão de se criar uma CSC, passamos por uma intensa melhoria no formato de atuação e precisávamos também de um sistema que comportasse o volume de demandas. Optamos pela plataforma da Ellevo, que foi essencial"
José Souza Silva - Diretor de Central de Serviços - Energisa

A Energisa, grupo privado do setor elétrico, adotou a plataforma Ellevo, solução que visa garantir automação de processos e gestão em um único ambiente de demandas de diferentes departamentos, do RH ao atendimento da TI.

O desafio da empresa era unificar a gestão interna, que precisou do apoio da tecnologia para que a marca pudesse unificar processos e ter uma visão global de suas atividades.

A aplicação da solução faz parte da série de ações da Central de Serviços Compartilhados (CSC) da Energisa.

José Souza Silva, Diretor da Central de Serviços da Energisa, afirma que, por se tratar de uma grande empresa, havia a necessidade de dar mais celeridade aos processos administrativos, que até então não eram unificados. “Com a decisão de se criar uma CSC, passamos por uma intensa melhoria no formato de atuação e precisávamos também de um sistema que comportasse o volume de demandas. Optamos pela plataforma da Ellevo, que foi essencial”, apontou.

Os principais ganhos da implantação da plataforma da Ellevo estão relacionados a melhoria da operação interna. “Este é um momento de preparação para o crescimento do negócio, e buscávamos uma solução de tecnologia que nos apoiasse na unificação das atividades, garantindo qualidade nos registros de dados e agilidade em relação a tomada de decisão. E a Ellevo cumpriu bem este papel, nos auxiliando na sustentabilidade necessária para a companhia”, finaliza.

Mais de 300 processos administrativos são realizados dentro da plataforma, que mensalmente recebe e gerencia mais de 70 mil chamados. Foram mais de 2 milhões de registros em 18 meses. A solução garante ainda organização no processo, já que qualquer profissional pode entrar no portal, selecionar o serviço e solicitar o que precisa. Com isso, é possível eliminar ainda o uso de telefone e e-mail, otimizando demandas.