Além de atuar para que o mercado reconheça os benefícios de ter um relacionamento comercial com a sua empresa, é importante também atuar para garantir a satisfação do cliente interno. Este público é, afinal, quem faz a rotina de trabalho acontecer e o responsável pelo bom andamento dos projetos e entregas.

Neste post vamos destacar alguns pontos fundamentais para que o seu cliente interno também esteja satisfeito com o serviço recebido. Veja:

A diferença entre cliente externo e cliente interno

Cliente externo é toda aquela empresa ou consumidor final que tem uma relação profissional/comercial com o negócio. É o consumidor que adquire um produto ou serviço, a empresa que contratou a sua equipe para executar determinado projeto.

Portanto, é o perfil que está ligado diretamente a entrada de recursos no negócio. Em outras palavras, é quem paga a conta, quem está na ponta da cadeia de trabalho.

Já o cliente interno tem uma ligação indireta com o faturamento. Ele tem um papel essencial para a boa entrega de produtos e serviços. São seus clientes internos colegas de trabalho, filiais da empresa e toda e qualquer pessoa que atua dentro do seu negócio e necessita de algum serviço seu. O termo cliente interno é muito comum no RH. Por exemplo, já que neste setor os serviços são voltados para os funcionários da organização.

Porém também são clientes internos profissionais de áreas atendidas por um Centro de Serviços Compartilhados ou pela equipe de manutenção e infraestrutura de tecnologia.

Por que focar no bom atendimento do cliente interno

Existe uma questão para se atentar ao atendimento de qualidade. Para o público interno, a manutenção da rotina de trabalho é fundamental. Se um sistema não está rodando dentro do previsto, o colaborador não poderá executar com qualidade o seu trabalho. Assim, um atendimento sem qualidade resulta em uma série de problemas subsequentes.

Além disso, o engajamento e a produtividade estão ligados à satisfação do cliente interno. Colaboradores satisfeitos produzem mais e são mais proativos em seu dia a dia.

Criando percepção de valor no cliente interno

Para garantir um bom atendimento, lembre-se de entregar ao seu cliente soluções que realmente façam a diferença na sua rotina. separamos neste tópico algumas ações que contribuem para isso. Confira:

– Atenção ao trabalho remoto:

Um dos grandes desafios de quem precisou se adequar ao home office é a falta de contato pessoal com os colegas de trabalho. Muitos profissionais resolviam dúvidas e faziam solicitações pessoalmente e agora sentem falta dessa proximidade. Assim, criar um canal de comunicação e unificar a troca que era comum pessoalmente para o ambiente virtual não é tarefa fácil. O ideal é escolher bem as ferramentas para esta rotina de trabalho. Campanhas com pesquisa de satisfação e feedback sobre as entregas também ajudam no processo de ajustes.

– Tecnologia como aliada:

Ter uma ferramenta para otimizar o fluxo de trabalho e as solicitações de demandas é essencial. Veja, por exemplo, a plataforma Ellevo. Com ela, o direcionamento de pedidos ocorre de forma automatizada. O cliente precisa enviar as informações necessárias para o andamento do atendimento e o atendente tem um prazo pré-definido para retorno. Também há a possibilidade de classificação dos chamados por urgência. Assim, agilidade acaba se tornando parte da rotina.

– Automação:

Outro ponto essencial para a satisfação do cliente interno é a automação. Utilizar chatbots para atendimentos simples e que podem ser resolvidos em poucos minutos, por exemplo. Essa é uma rotina cada vez mais comum nas grandes empresas. Esse tipo de recurso de inteligência artificial ajuda o colaborador em várias situações. Ele pode consultar sua folha de pagamento, tirar dúvidas sobre acesso ao sistema, recuperar senha, entre outras questões da sua rotina.


Tags: atendimento , automação , chatbot , cliente interno